As crianças brasileiras tiveram um herói japonês nos anos 1960

Nacional Kid foi o herói mais marcante para as crianças dos anos 1960 no Brasil. As séries foram curtas, e a qualidade era muito simples, mas o Brasil foi o país em que a produção teve mais popularidade, fora do Japão.

Nacional Kid ( Nashônaru Kiddo em japonês) foi apresentada no Japão entre 4 de agosto de 1960 a 27 de abril de 1961. O seriado foi criado por encomenda, para fazer merchandising para a fábrica de eletrodomésticos National Electronics, atual Panasonic.

O personagem tinha poderes especiais, voava e lutava pela paz. Os atores eram, em alguns casos, amadores. E a série era filmada em preto e branco.

O herói vinha da Galáxia de Andrômeda. E vivia disfarçado como um professor e cientista que escondia os seus poderes. E tinha duas pistolas de luz que colocavam fora de combate os adversários.

Nacional Kid foi um dos precursores das lutas marciais vistas hoje, nos filmes do gênero. E a série tinha uma outra curiosidade: Depois de bater nos adversários, ele ainda ria deles. A série teve dois atores diferentes.


*Curiosidade: Um site, que faz piadas com personalidades, publicou que o ator da primeira série de Nacional Kid teria nascido em Assaí, no Paraná, onde há uma colônia japonesa. A história é falsa. O ator nasceu no Japão, lutou na China na Segunda Guerra, e mais tarde foi um respeitado fotógrafo artístico. E morreu cedo, em 1964, aos 40 anos, três anos depois das filmagens. 

O primeiro Nacional Kid


Se você se interessa pelo tema, participe deste grupo, criado por este portal:  Séries antigas da TV.

A música que as crianças tentavam cantar está no vídeo desta página, na versão completa e com a tradução.

Neste vídeo está um dos capítulos da luta de Nacional Kid contra os “Incas Venusianos”.

Comments

comments

Shares