O folclórico Enéas queria ser presidente em 1994

 

O cardiologista Enéas Carneiro foi candidato várias vezes, conseguindo muitos simpatizantes. A fórmula era a mesma de tantos outros políticos messiânicos: A fala com vêemencia, indignação teatral e repetição de discursos baseados no senso comum.

Ele era visto como um radical de direita, mas se definia como um nacionalista. Com pouco tempo para as  campanhas na TV, após algumas frases exaltadas com a repetição de clichês, ele sempre usava o bordão “Meu nome é Enéas!”.

Disputou a presidência por três vezes, tentou ser prefeito em São Paulo e, finalmente, conseguiu um mandado de deputado federal. Sua carreira de candidato e articulador do partido PRONA foi de 1989 a 2007, quando morreu.

 

 

 

Enéas participando de um programa humorístico na TV.

;

.

Comments

comments

Shares