O arcebispo Dom Helder Câmara em uma entrevista no ano de 1987 no Paraná

 

O arcebispo Dom Hélder Câmara foi muito conhecido e perseguido por defender os direitos humanos no Brasil durante o regime militar. Ele nasceu em 1909. Com 22 anos, tornou-se padre em Fortaleza, no Ceará. No Rio de Janeiro fundou uma cruzada para atender favelados, colaborando também com órgãos públicos de Educação. Foi o fundador do Conselho Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB.

Como arcebispo de Olinda e Recife, escreveu um documento pelo qual foi acusado de demagogia e comunismo. A partir de 1964 lutou pelos direitos humanos, na época das prisões na ditadura. Seus assessores foram presos e torturados, e um deles assassinado. Com o fim do período militar, dedicou-se a defender a teologia da libertação. Dom Helder aposentou-se em 1985 e morreu em 1999.

 

 

Se você se interessa por história, clique aqui para conhecer o grupo Memória Brasileira no Facebook.

 

 

Dom Hélder Câmara, arcebispo emérito de Olinda e Recife, no programa Bom Dia Paraná com José Wille em 1987.

 

 

 

 

.
.
.
.
.
..

Comments

comments

Shares