Pouso no mar salvou 39 pessoas em 1957

 

Uma história esquecida: A habilidade de dois pilotos, da antiga Real Aerovias, salvou a vida de 39 pessoas, entre passageiros e tripulantes, no ano de 1957. Um dos motores pegou fogo, ameaçando explodir o avião, e obrigando o avião a descer no mar, na região de São Sebastião, no litoral paulista.  O caso foi raro, porque dificilmente um pouso no mar acontece sem vítimas, rompimento ou afundamento do avião. Há poucos registros de casos semelhantes a este no mundo. Veja o vídeo da reportagem da TV Band de Curitiba, produzida com apoio e material deste portal.

 

 

 
 

 

 

 

 

Fotos do acervo de Heinz Eric

O avião, já mais perto da praia, permaneceu flutuando até ser rebocado para um local afastado, em que pudesse ser afundado definitivamente.

 

No barco, a caminho de Santos, tripulantes e funcionários da Real falam do pouso. Heinz está de camisa branca, ao centro, debruçado na mesa para ver as anotações.

 

Painel do avião.

 

 

 

 

 

 

 

Comments

comments

Shares